Varejo e Industria precisam trocar a queda de braço por colaboração

A Crise coloca em xeque ditadura do varejo no trade Marketing. Ruptura no ponto de venda precisa ser combatida em parceria, além de demandar a adoção de tecnologia pelos promotores.

 

industria vs supermercado
Industria vs Supermercado
Roberto Kanter, Prof. de MBA da FGV
Roberto Kanter, Prof. de MBA da FGV

 

Um dos primeiros reflexos da crise econômica e da consequente queda nas vendas é o corte de orçamentos por parte das indústrias. As verbas de publicidade tradicional não costumam demorar a minguar, como já acontece hoje, no Brasil. A escassez de um lado tende a ressaltar a importância em outro: o ponto de venda.

 

O varejo ganha ainda mais valor como importante canal de comunicação e mais influência na decisão de compra do consumidor. Neste momento em que a conversão é urgente, a ruptura torna-se extremamente crítica e precisa ser combatida por meio de muito planejamento e da adoção à tecnologia. Para obterem sucesso, entretanto, varejo e indústria precisam, enfim, trocar a queda de braço pela colaboração.

 

A relação entre os players nunca foi harmoniosa. Ao longo da história, essa balança de poder já pesou para ambos os lados. Nos tempos de hiperinflação anteriores ao Plano Real, os supermercados queixavam-se de serem obrigados a aceitar as alterações nos preços impostos pela indústria. Com o passar dos anos, a configuração do varejo mudou, com a concentração das empresas em grandes redes, que começaram a dar as cartas no jogo. Além de passarem a responsabilidade de reposição das gôndolas e de controle de estoques para as fabricantes, muitas vezes as varejistas omitem dados que são importantes para o planejamento de vendas e distribuição dos promotores pela indústria.

 

Para que os melhores resultados possam ser conquistados no momento de escassez, essa relação precisa mudar. “A indústria deve olhar o trade como relacionamento e não como reposição. Existe uma distorção no mercado brasileiro. Trata-se de uma briga de poder em que os varejistas maiores transferem para a indústria uma responsabilidade que não é dela.

 

Entenda melhor em http://www.mundodomarketing.com.br

 

Ver original: https://www.mundodomarketing.com.br/index.php/reportagens/pdv/35666/varejo-e-industria-precisam-trocar-queda-de-braco-por-colaboracao.html?utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=news+01.03.16+ter

Autor: Renata Leite

 


 

Gostou do artigo siga-nos em nossas redes.

Curta nossa Fanpage

Adicione no Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *